Se só de ouvir a palavra mudança você tem calafrios na espinha e começa a suar frio…calma, não surte! É normal que qualquer tipo de mudança mexa muito com o emocional, independente dos momentos que cada um esteja passando, afinal, mudar para um novo espaço realmente é um grande passo para  dar início a uma nova fase, não é?

Mas vamos com calma! Neste post quero mostrar 8 passos para você poder organizar a sua mudança sem estresse  e sem corre corre. Basta um pouco de paciência e planejamento. Vamos lá

1. COTAR EMPRESAS DE TRANSPORTE E MARCAR A DATA DA MUDANÇA

cotar transportadora

Pesquise e cote com 3 empresas de mudança/carretos. Avalie o custo-benefício de cada empresa. Tire todas as suas dúvidas possíveis, e escolha aquela que lhe passa mais segurança na hora de fechar o serviço. Caso não conheça uma empresa, sugiro este link bem bacana com o guia de várias empresas de mudanças

De preferência marque pelo menos com 15 dias de antecedência para ter tempo de organizar a sua mudança com tranquilidade e sem estresse. E confirme a disponibilidade da família em relação a compromissos, você vai precisar da ajuda dela.

Importante: Nunca economize num bom serviço de transporte de mudança ou carreta, (claro que de acordo com o seu bolso) pois a sua saúde emocional agradece.

2 . DESCARTE ANTES DE ENCAIXOTAR

post-mudanca-descarte

– Você não vive falando que sempre quis organizar, mas nunca teve tempo? Então aproveite que agora é a hora, renove e leve somente o que é essencial para a casa nova. Vida nova e energia nova!!

Aproveite para fazer “a limpa” das coisas acumuladas, esquecidas, do que não usa mais, objetos quebrados, algum empréstimo não devolvido (por exemplo, um livro) e os que estão em bom estado mas não usa. Você pode doar/ vender/ trocar / descartar.  Seguem as sugestões abaixo:

Para vender Enjoei, OLX, Capricho à toa, mercado livre.

Para doar: Casas André Luiz, Exército da salvação.

Para trocar ( roupas): Projeto gaveta, Trocaderia.

Para descartar: Ecycle, Ecoassist, Postos de coleta do Pão de açúcar e Ecoponto.

3. MATERIAL PARA MUDANÇAS

post-mudanca-material

Se não quiser gastar, você pode adquirir caixas em supermercados, farmácias, loja de móveis e eletrodomésticos. Cheque se as mesmas estão em bom estado, sem cheiro, umidade e se não estão rasgadas.

Outra opção é comprar as caixas no valor de atacado. Algumas sugestões: Kalunga, Caixasnet, Caixa papelão deise e multicaixas.

Caixas maiores são indicadas para itens mais leves, como roupas, cobertores, panelas e potes de plásticos.

Caixas médias são indicadas para eletrônicos, acessórios, despensa e higiene pessoal.

Caixas menores são indicadas para itens mais pesados, como livros, álbuns, ferramentas, louças.

Papel-bolha, papel malhinha e jornal são necessários para embalar objetos delicados, vidro, cerâmica, quadros e espelhos. Escreva “frágil” em destaque na caixa, com a seta para cima, indicando que deve ficar naquela posição.

O saquinho ziplock é ótimo para embalar líquidos, como shampoos, perfumes e até miudezas de escritório e maquiagens.

– Separe também uma caneta pilot para identificar as caixas, rolos de fitas bem resistentes para embalar e estilete.

4. ENCAIXOTANDO/ CATEGORIZANDO

post-mudanca-encaixotar

Vá encaixotando aos poucos todos os dias para que não fique muito cansativo, principalmente para quem trabalha o dia inteiro. Por isso ressalto a importância de planejar a data da mudança com antecedência, ok?

Importante: categorize as caixas e nomeie-as como, por exemplo, quarto de casal, quarto da criança, cozinha, despensa, área de serviço, sala, escritório e banheiros. Isso facilita o trabalho dos funcionários da transportadora, que carregarão as caixas para os cômodos certos.

Para ficar mais organizado, você também pode fazer uma lista identificando o conteúdo de cada caixa e colar o papel na mesma.  Facilita muito na hora de visualizar caso precise pegar o tal objeto naquele momento.

– Cruze a caixa com uma fita bem resistente, cruze com a fita também no fundo para reforço. A caixa não pode ultrapassar 25 quilos.

E no fim, quantifique as caixas e anote o número. Depois da chegada das mesmas na casa nova você deve conferir o número para evitar imprevisto ou perda/roubo.

5. PRÓXIMO À DATA DE MUDANÇA 

post-mudanca-calendario

Evite grandes compras no supermercado, guarde comidas não perecíveis em uma sacola térmica e leve junto, desta forma, assim que chegar à casa nova será só ligar a geladeira e guardar a comida.

– Documentos, dinheiro e jóias devem ser levados pela própria família por questão de segurança.

Agende e execute a transferência de endereços ou cancelamento dos prestadores de serviços como net, correspondência, comgás, eletropaulo.

Caso tenha pet, procure se posicionar sobre onde deixá-lo durante a mudança: em um hotelzinho ou na casa de amigos/parentes. Lembre-se de que os pets se estressam com o movimento das pessoas estranhas na casa nova e podem causar e sofrer acidentes.

Comunique a amigos e familiares o endereço da nova casa.

6. KIT SOBREVIVÊNCIA

post-mudanca-kit

Faça uma mala pequena/sacola/caixa com artigos de primeira necessidade: Mudas de roupa, toalhas, pijamas, chinelos, roupa de cama e material de higiene, sacos de lixo, detergente, esponja, alguns poucos utensílios de cozinha, etc. para que possa usar com conforto nos primeiros dias da pós-mudança, já que as outras caixas provavelmente só serão desembaladas no dia seguinte.

– Essas caixas de kit-sobrevivência deverão ser abertas primeiro ao chegar à nova casa, portanto, embale-as por último.

7. DURANTE A MUDANÇA

post-mudanca-durante

– Ofereça o endereço da casa nova para o motorista da mudança e suas referências, caso você não vá segui-lo ou acompanha-lo logo em seguida.

Tenha o telefone do motorista da transportadora para qualquer imprevisto.

Acompanhe a mudança e oriente os funcionários a transportarem as caixas nomeadas para cada cômodo.

Para facilitar a sua mudança, já solicite aos funcionários que descarreguem os móveis e aponte para onde devem posicioná-los dentro da área na casa nova, assim você evita a sobrecarga de empurrar ou carregar as coisas pesadas depois.

Faça a recontagem das caixas e cheque se bate com o seu inventário.

8. PÓS-MUDANÇA

post-mudanca-pos

– Depois que finalizar a mudança, comece a desencaixotar aquelas caixas que você definiu como prioridade. Exemplo: caixas para quarto, banheiro e cozinha, porque são as 3 áreas onde haverá maior circulação

-Caso esteja de férias ou se mudando no final de semana, aconselho a usar toda a sua energia para montar o quanto antes, para que possa começar a semana no estilo “sweet home sweet”.

MAS NÃO TENHO TEMPO, NÃO TENHO JEITO PARA ISSO!

http://emiliaventura.com.br/wp-content/uploads/2016/03/post-mudanca-naosei.jpg

Se você não tem tempo/não gosta ou tem dificuldade em planejar a mudança, nós podemos ajudá-lo a realizar a sua, cuidando das suas coisas com zelo. Planejamos todas as etapas da mudança e participamos ativamente de todo o processo, inclusive na etapa de pós-mudança. Deixamos a sua casa organizada com todos os pertences nos seus devidos lugares para que você e a sua família possam usufruir com tranquilidade a nova fase no seu novo imóvel.

Venha tirar dúvida conosco e vai ser um prazer ajudar você: contato@emiliaventura.com.br

8 passos para planejar e organizar sua mudança!
Classificado como:                            

2 opiniões sobre “8 passos para planejar e organizar sua mudança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.